Publicado em Deixe um comentário

Raspagem de próstata: tudo sobre o procedimento e quando fazer ✂️




🔍 Raspagem de próstata: procedimento e indicações

A raspagem de próstata, também conhecida como raspagem transuretral da próstata (RTU), é um procedimento cirúrgico realizado para tratar problemas na próstata, como a hiperplasia prostática benigna (HPB). A HPB é uma condição na qual a próstata aumenta de tamanho e causa sintomas urinários incômodos.

🔧 Como é feita a raspagem de próstata e quando é recomendada

A raspagem de próstata é realizada através de um instrumento chamado ressectoscópio, que é inserido pela uretra até a próstata. O ressectoscópio possui uma lâmina que é utilizada para remover o tecido prostático aumentado, aliviando os sintomas urinários. Esse procedimento é recomendado quando os sintomas da HPB são graves e não melhoram com o tratamento medicamentoso.

🔬 Raspagem de próstata: o que é, como funciona e para quem é indicada

A raspagem de próstata é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo realizado para remover o tecido prostático aumentado. Através do ressectoscópio, a lâmina é utilizada para raspar e remover o tecido, aliviando os sintomas urinários causados pela HPB. Esse procedimento é indicado para homens com sintomas urinários incômodos e que não obtiveram melhora com o tratamento medicamentoso.

🎯 Indicações e benefícios da raspagem de próstata

A raspagem de próstata é indicada para homens com sintomas urinários causados pela HPB que não melhoraram com o tratamento medicamentoso. Os benefícios desse procedimento incluem a melhora dos sintomas urinários, como a diminuição da frequência e urgência urinária, o aumento do fluxo urinário e a redução da necessidade de acordar durante a noite para urinar.

SAIBA MAIS  7 Exercícios 💪 para Antebraços: sequência completa para hipertrofia

⌛ Raspagem de próstata: quando é necessária e como é realizada

A raspagem de próstata é necessária quando os sintomas urinários causados pela HPB são graves e não melhoram com o tratamento medicamentoso. Durante o procedimento, o ressectoscópio é inserido pela uretra até a próstata, e a lâmina é utilizada para raspar e remover o tecido prostático aumentado. Esse procedimento é realizado sob anestesia geral ou raquidiana e requer internação hospitalar por alguns dias.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *